A alimentação viva baseia-se em alimentos crus, frutas frescas e secas, vegetais, algas marinhas, castanhas, sementes e grãos germinados. Com a alimentação viva obtemos as enzimas essenciais para uma perfeita absorção dos nutrientes enquanto preservamos nossas reservas enzimáticas.
~Om Shanti~

sábado, 13 de agosto de 2016

O Restaurante da Kashi está em novo endereço:

Agora estamos ao lado da Fabrica de Chocolates, antes da Casa das Velas.

Há duas maneiras de vir ao novo Restaurante da Kashi:

1- Se você estiver na frente do restaurante antigo, é só continuar naquela rua em direção às piscinas naturais. Do restaurante antigo, que fica na frente do Hotel Buhler, até o novo Restaurante da Kashi são 800m numa estradinha charmosa, florida e frondosa, é um passeio muito agradável.

2- Você pode vir pelo lado do Rio de Janeiro também: atravesse o centro de Maringá, RJ, até chegar na cervejaria que fica ao lado do Warabi. Ali há uma rua à direita onde você vai entrar e logo verá uma viela à esquerda. Entre nessa linda viela verde e logo verá uma ponte de pedestre. Cruze a ponte e você verá o novo Restaurante da Kashi.

Nos vemos em breve!

Namastê

segunda-feira, 13 de abril de 2015

~Aula de Culinária Consciente no Restaurante da Kashi~


Menu

~Bobó de Pinhão
~Acarajé de forno
~Farofa de coco
~Arroz integral 
~Brownie vivo de tâmaras, nozes e cacau

25 de abril
Sábado
Das 9h as 13h

Vagas limitadas
Kashidhy@gmail.com

sábado, 28 de março de 2015

Biomassa~




Benefícios:
1 - Melhora o funcionamento do intestino
2 - Recupera a microbiota intestinal, melhorando o sistema imunológico.
3 - Por ser rica em fibra é capaz de promover saciedade sendo aliada do tratamento para obesidade.
4 - Reduz a absorção de gordura da dieta.
5 - Reduz a absorção de glicose da dieta.
6 - Na culinária pode substituir o leite condensado, creme de leite, maionese porque, ela funciona como um espessante.
7 - Nas preparações sem glúten, ela melhora a textura deixando as preparações mais macias.
8 - Fonte de vitaminas antioxidantes e minerais que contribuem para a saúde óssea e também contração muscular.
AMIGA DA DIETA
Por ser uma excelente fonte de fibras, melhora o funcionamento do intestino, reduzindo assim reabsorção de hormônios e toxinas diretamente ligados ao acúmulo de gordura. Promove saciedade, fazendo com que a pessoa consuma menos alimentos e também inibe a absorção de gordura e açúcar da alimentação, sendo uma aliada no processo de emagrecimento.
INDICADA PARA QUEM TEM RESTRIÇÃO ALIMENTAR
Por auxiliar na recuperação da saúde intestinal e impedir a absorção de gordura e açúcar na dieta, a biomassa é indicada para quem tem restrições alimentares como intolerância ao glúten, à lactose, possui diabetes ou alergias alimentares. Recuperando a saúde intestinal, o organismo fica mais protegido e mais fortalecido para a digestão de alimentos permitidos, reduzindo os sintomas da intolerância.
PARA TODAS AS IDADES
A biomassa pode ser consumida para todos, desde crianças, adultos, gestantes, nutrizes e idosos. Não há contraindicação, apenas adequações de consumo diário . É muito benéfica à saúde e deve ser introduzida no dia a dia.
SUGESTÃO DE CONSUMO
De 2 a 4 colheres de sopa por dia.


RECEITA DA BIOMASSA
Ingredientes
10 bananas nanicas bem verdes
Modo de preparo
- Corte 10 bananas nanicas pela ponta sem deixar aparecer a polpa. Lave-as com casca, uma a uma, utilizando esponja com água e sabão e enxague bem.
- Ferva água suficiente para cobrir as bananas em uma panela de pressão de 7 litros. Coloque as bananas com casca na água fervente (para criar choque térmico).
- Tampe a panela e conte 8 minutos a partir do início da pressão da panela. Desligue e deixe as bananas cozinhando até o vapor escapar ou até 20 minutos de cocção.
- Ao término do cozimento, mantenha as bananas na água quente da panela.
- Vá aos poucos tirando a casca da polpa, que deve ser passada imediatamente no processador ou liquidificador. É importante que a polpa esteja bem quente, para não esfarinhar.
- Triture a polpa até ficar homogênea, adicionando água mineral suficiente para deixar virar um creme.
- Se não for utilizar imediatamente, guarde na geladeira por até 5 dias ou congele por até 3 meses em vasilhas de vidro ou na vasilha de gelo (tem de ser de plástico duro e novo, sem ranhuras para não haver contaminação de derivados de plástico ou micro-organismos).
DICAS IMPORTANTES
1 – Cuidado para não queimar o liquidificador: como é uma massa pesada, a dica é colocar junto com 5 bananas no liquidificador pelo menos 100ml de água mineral.
2 – Colocar para congelar em porções suficientes para acrescentar nas preparações. Para descongelar, utilizar um pouco de água para dissolver em panela aquecida em fogo brando.
3 – Para facilitar a limpeza da panela após o processo unte-a antes com óleo com auxílio de um papel toalha e também pode passar óleo após fazer a banana para que o resíduo saia com facilidade.

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Deeksha~ a Benção da Unidade





O entendimento central da Oneness é o de que a transformação interior e o despertar para estados mais elevados de consciência não é um resultado de um mero entendimento intelectual, mas de uma mudança de consciência na qual a própria experiência de vida é redefinida em seu núcleo. Isto é alcançado através do processo de Deeksha / Bênção da Unidade, que é um fenômeno originado na paixão profunda e intenção de Sri Amma e Sri Bhagavan.
A Deeksha é uma transferência de energia que provoca o crescimento na consciência. O nível de consciência de uma pessoa determina o seu / sua qualidade na experiência de vida. Por exemplo, a experiência de uma pessoa sobre a atual  recessão, a capacidade de lidar com o mal-entendido na relação ou com a natureza rebelde de uma filha, as  emoções que surgem quando diagnosticada com um problema de saúde, o nível de conexão com as pessoas ao redor e a experiência da alegria, a intensidade da paixão no local de trabalho, etc; dependem do nível de consciência da pessoa. Com o aumento da consciência, há maior percepção, alegria, amor, união e foco em tudo o que você faz e experimenta.
A Deeksha não exige a prática de um determinado estilo de vida, nem é uma iniciação para se seguir em um novo caminho. Ela não está vinculada  a nenhuma filosofia ou ideologia. Ela transcende as barreiras culturais e religiosas partindo do fato de que ela apenas escolhe  despertar cada um no seu / sua própria tradição espiritual, facilitando uma mudança neurobiológica, tornando a religião uma questão de escolha pessoal e conveniência. Por isso as pessoas que pertencem a qualquer fé ou faixa etária podem receber a Deeksha.

BENEFÍCIOS DA DEEKSHA
A evolução na consciência da pessoa manifesta-se nas mudanças em todas as esferas da vida – saúde, riqueza, relacionamentos e crescimento espiritual. A Deeksha traz um crescimento na consciência, aumentando assim a sua experiência de vida. A Deeksha muda as emoções e percepções ou ajuda a libertar das percepções. Essa transformação acarreta uma mudança de abordagem aos desafios e oportunidades já que quando muda as percepções e não mais vemos um problema como um problema. Quando as percepções mudam a realidade também pode mudar, porque o mundo externo é apenas um mero reflexo do mundo interior. Percepções mais elevadas e emoções positivas criam uma vida mais bem sucedida e satisfatória.
O esforço tem um papel na Deeksha. Esforço enquanto na forma de introspecção, contemplação, fazer a pergunta certa, ter uma intenção, ação externa, etc; também é essencial. O papel do esforço neste contexto é análogo a um avião acelerando em uma pista para decolar, mas a real decolagem também exige uma corrente de vento apropriada. A Deeksha é como a corrente, que finalmente levanta o avião do chão.
A Deeksha é dada pela imposição das mãos sobre a cabeça do receptor ou, por vezes, através da intenção. Neste caso, o doador mantém o receptor na sua consciência por alguns minutos e permite que o Deeksha flua. Desta forma, a Deeksha pode ser dada a uma distância de milhares de milhas ou a um grande grupo de pessoas, todas ao mesmo tempo. A Deeksha se desenvolve de forma diferente em cada indivíduo, uma vez que depende do que o receptor mais precisa.
Estas são algumas das vantagens mais comuns em receber a Deeksha, confome relatado pelos beneficiários. As pessoas podem experimentar mais efeitos com a exposição prolongada.
· Desperta potencialidades criativas, habilidades e inteligência
· Aumenta a capacidade de aprender
· Resolve o conflito interior que conduz à paz e à harmonia interior
· Traz amor para os relacionamentos
· Cura feridas emocionais e reduz as cargas dos pensamentos
· Evoca carinho, amizade e um sentimento de conexão com o outro
· Desperta compaixão
. Infunde vitalidade

. Cura o corpo através da cura da mente
· Relaxa o corpo e alivia o estresse
· Ajuda a construir amor e apreço pelo corpo
· Invoca energias auspiciosas
· Remove bloqueios que impedem o sucesso
· Possibilita uma estrutura mental para abundância
· Inicia uma jornada para experimentar o amor incondicional e alegria
. Inicia uma jornada para o Despertar e a Realização em Deus

Fonte:amiliaonenessbrasil.wordpress.com/o-que-oferecemos/deeksha/



sábado, 24 de maio de 2014

Mato santo~


Hortelã querido, mato amigo
que cresce em todo lugar
aqui em Mauá
como se querendo nos mostrar
que bênção é poder respirar
e apreciar
esse puro ar,
límpidas águas
nessas lindas montanhas
~*~

 
O hortelã, mato aqui em Mauá, exerce ação tônica e estimulante sobre o aparelho digestivo. É indicada para dores de cabeça, dores abdominais, cólica e flatulência, gripes e resfriados, problemas do fígado e vesícula biliar, flatulência, náuseas, vômitos, cólon irritável, dor de dente e nevralgias, ajuda na perda de peso, elimina e impede a formação de muco. É antiespasmódica, analgésica, antisséptica, anti-inflamatória, digestiva, anestésica e expectorante.

Sugestões de uso:
  • Gargarejo com o chá melhora o hálito e ajuda a combater as dores de garganta, da faringe e da laringe;
  • Pode ser usada amassada para acalmar picada de insetos;
  • Emplastro com a função de anestésico devido à substância encontrada na erva – o mentol. O mentol dá uma sensação refrescante e ajuda a combater vírus e bactérias;
  • Na indústria de cosméticos a planta atua como antioxidante devido ser rica em vitamina A e C. As vitaminas potencializam o colágeno atuando de forma benéfica na pela e nos cabelos. Muitos produtos para a beleza dos cabelos e pele possuem em sua composição a hortelã;
  • A hortelã é muito usada na culinária dando sabor extra e enfeitando os pratos. O sabor e aroma são marcantes. Pode ser usado para preparar deliciosos pratos como é o caso do quibe. Também usada em molhos, saladas e sucos. A hortelã combina perfeitamente com as frutas como o abacaxi, melancia, pêssego e maçã. Dá um toque refrescante e um sabor delicioso.
  • A hortelã também pode ser servida como chá, em temperatura quente ou fria. O chá pode ser misturado com frutas, se preferir! Fica muito gostoso! Experimente!
 fonte:http://www.colegioweb.com.br/saude/hortela-beneficios-propriedades

domingo, 9 de fevereiro de 2014

~Gratidão ~



Escolhi ter a Bênção de viver em uma área rural, onde o composto é um rico alimento pro solo, o lixo reciclável é devidamente separado e destinado às cooperativas, a água brota da terra, o sol aquece a água do banho, o alimento cresce na horta e a gratidão transborda ao despertar do dia. 

E a compreensão surge da necessidade de vivermos com apenas aquilo que nos é absolutamente necessário. 
Pois tudo aquilo que precisamos nos é dado de graça pela Mãe terra.

Apreciemos a Vida Simples. 

A magnificência do Silêncio que purifica nosso ser, 
a pureza do ar que dá leveza ao viver,
 a delícia da água que nos apraz, sacia e refresca.

Quão Simples é viver!
Permitir-se...
Celebrar
Curtir
Estar aqui e agora

E para isto acontecer, da terra é preciso cuidar.
Da Mãe Terra de onde brotam lindas flores, mágicos animais e sábios seres;
Nós.
Nós somos esses sábios seres.
(Será?)

Os únicos que temos o dom de apreciar a magia da criação.

Honremos este dom e cuidemos da nossa Mãe Terra que tudo nos dá,
sem nunca reclamar.

É fácil, é simples e necessário!


Cidadão responsável é aquele que:

Consome com consciência:
Pensa antes de comprar, evita embalagens desnecessárias, carrega suas compras com sacolas reutilizáveis.

Reutiliza:
Reaproveita embalagens, faz arte com matérias recicláveis, dá preferência a produtos que ofereçam opção de refil.

Recicla:
Separa e encaminha o material reciclável para que volte ao ciclo de produção.

Faz compostagem: 
Transforma os restos orgânicos em húmus.


 Não pense que o 'problema' do lixo se soluciona ao ser levado para bem longe de vc. 
Ele está logo ali.
Poluindo a atmosfera- ou seja, o ar que vc respira;
Contaminando o lençol freático- ou seja, a água que vc bebe. 
O 'meio-ambiente', é o seu ambiente, é vc. Informe-se!
Procure a coleta seletiva. Existem órgãos de coleta nas cidades que vão até vc sem custo algum. 
Apenas a sua tomada de Consciência é necessária. 

De nada adianta se vc faz yoga, pratica  técnicas de cura, considera-se evoluído se não está nem aí pro que sai de vc.
 
E, mesmo sem a coleta seletiva, vc pode separar seus resíduos recicláveis do resíduo orgânico, pois isto facilita a futura separação dos mesmos e impede a formação do chorume, líquido altamente tóxico, que vc está produzindo, quer saiba ou não, cada vez que mistura restos de comida, frutas, legumes e verduras com material reciclável- plástico, alumínio, papel. Embrulhar o composto em jornal é muito útil, pois este ajuda a absorver os líquidos impedindo a formação do chorume.
Acordem ir-mãos, por favor!

                  É fácil, é simples, é necessário!

                  ~*~
 
                           Reduzir, Reutilizar, Reciclar

Embora o termo lixo se aplique aos resíduos sólidos em geral, muito do que se considera lixo pode ser reutilizado ou reciclado, desde que os materiais sejam adequadamente tratados e não sejam misturados aos resíduos orgânicos que inviabilizam ou tornam muito mais difícil a reciclagem. Além de gerar emprego e renda, a reciclagem proporciona uma redução da demanda de matérias-primas e energia para a fabricação de novos produtos, contribuindo também para o aumento da vida útil dos aterros sanitários. Certos resíduos, no entanto, não podem ser reciclados, a exemplo do lixo hospitalar ou nuclear.
Aterros sanitários são considerados como uma solução prática, relativamente barata de disposição final de resíduos urbanos e industriais - inclusive de resíduos que poderiam ser reciclados. Todavia demandam grandes áreas de terra, onde o lixo é depositado. Após o esgotamento do aterro, essas áreas podem ser descontaminadas e utilizadas para outras finalidades. Todavia, se o aterro não for adequadamente impermeabilizado e operado, constitui-se em fator de poluição ambiental e contaminação do solo, das águas subterrâneas e do ar. A poluição se deve ao processo de decomposição da matéria orgânica, que gera enormes quantidades de chorume (fluido que se infiltra para o solo e nos corpos de água) e biogás, composto de metano e outros componentes tóxicos.
A construção do aterro sanitário requer a instalação prévia de mantas impermeabilizantes, que impedem a infiltração do chorume no solo e no lençol freático. O líquido que fica retido no aterro, o chorume, é então conduzido até um sistema de tratamento de efluentes para posterior descarte em condições que não agridam o meio ambiente.

"Lixão", vazadouro ou descarga de resíduos a céu aberto é uma forma inadequada de disposição final de resíduos sólidos, que se caracteriza pela simples descarga do lixo sobre o solo, sem medidas de proteção ao meio ambiente ou à saúde pública.3
No "lixão" não há nenhum controle quanto aos tipos de resíduos depositados. Resíduos domiciliares e comerciais de baixa periculosidade são depositados juntamente com os industriais e hospitalares, de alto poder poluidor. A presença de catadores, que geralmente residem no local, e de animais (inclusive a criação de porcos), os riscos de incêndios causados pelos gases gerados pela decomposição dos resíduos constituem riscos associados aos lixões.

Incineradores reduzem o lixo a cinzas com redução de volume superior a 90%. É o tipo de destinação final mais utilizado nos países Europeus e Japão com reaproveitamento da energia térmica para geração de energia elétrica. Podem ser altamente poluidores, gerando dioxinas e gases de efeito estufa se mal operados ou ainda pequenos ou nenhum investimento em controle, monitoramento e lavagem dos gases for realizado. É um dos métodos mais corretos para destinação final de lixo hospitalar (RSS - Resíduos de Serviços de Saúde), que podem conter agentes causadores de doenças potencialmente fatais. No século passado até meados dos anos cinqüenta era prática comum, a destruição descontrolada de resíduos industriais e até a matéria orgânica serem eliminados com uso de grandes fornos por dissipação atmosférica das chaminés o que gerava emissões gasosas acima dos limites mundiais.

Pirólise


Craqueamento ou destilação dos compostos orgânicos, na ausência de total ou parcial de Oxigênio (atmosfera redutora), obtendo-se um gás, o Syngás e resíduos com alto teor de carbono fixo. O sistema consiste em tratamento a baixa temperatura dos resíduos e inibe a geração de dioxinas e furanos, gases altamente tóxicos, ainda proporciona uma redução de volume dos resíduos de até 70%. O resíduo proveniente do processo de pirólise pode ser usado como condicionador de solo contaminados por metais pesados, combustível, ou suplemento agrícola. O processo emite quantidades de gases infimamente inferiores aos métodos de compostagem e aterro controlado e ainda pode utilizar os gases e carbono provenientes do processo para geração de energia elétrica.

Compostagem

 

é o conjunto de técnicas aplicadas para estimular a decomposição de materiais orgânicos por organismos heterotrófos aeróbios, com a finalidade de obter, no menor tempo possível, um material estável, rico em substâncias húmicas e nutrientes minerais; com atributos físicos, químicos e biológicos superiores (sob o aspecto agronômico) àqueles encontrados na(s) matéria(s)-prima(s). 
É um tratamento aeróbico, através do qual a matéria orgânica é transformada em adubo ou composto orgânico com valor como substrato para a agricultura.

Vermicompostagem

 

Biogasificação

 

A biogasificação ou metanização é um tratamento por decomposição anaeróbica que gera biogás, formado por cerca de 50% de metano e que pode ser utilizado como combustível.
O resíduo sólido da biogasificação pode ser tratado aerobicamente para formar composto orgânico.

Confinamento permanente

O lixo altamente tóxico e duradouro, e que não pode ser destruído, como lixo nuclear, precisa ser tratado e confinado permanentemente, e mantido em locais de difícil acesso, tais como túneis escavados a quilômetros abaixo do solo.

Reciclagem

 

A reciclagem é o processo de reaproveitamento de resíduos sólidos orgânicos e inorgânicos. É considerado o melhor método de destinação do lixo, em relação ao meio ambiente, uma vez que diminui a quantidade de resíduos enviados a aterros sanitários, e reduz a necessidade de extração de matéria-prima diretamente da natureza. Porém, muitos materiais não podem ser reciclados continuadamente (fibras, em especial). A reciclagem de certos materiais é viável, mas pouco praticada, pois muitas vezes não é comercialmente interessante. Alguns materiais, entretanto, em especial o chamado lixo tóxico e o lixo hospitalar, não podem ser reciclados, devendo ser eliminados ou confinados. Fraldas descartáveis são recicláveis. No processo de reciclagem, que além de preservar o meio ambiente também gera riquezas, os materiais mais reciclados são o vidro, o alumínio, o papel e o plástico. Esta reciclagem contribui para a diminuição significativa da poluição do solo, da água e do ar. Muitas indústrias estão reciclando materiais como uma forma de reduzir os custos de produção.
Um outro benefício da reciclagem é a quantidade de empregos que ela tem gerado nas grandes cidades. Muitos desempregados estão buscando trabalho neste setor e conseguindo renda para manterem suas famílias. Cooperativas de catadores de papel e alumínio já são uma boa realidade nos centros urbanos do Brasil.


Coleta seletiva 
ou recolha seletiva é o termo utilizado para o recolhimento dos materiais que são possíveis de serem reciclados, previamente separados na fonte geradora. Dentre estes materiais recicláveis podemos citar os diversos tipos de papéis, plásticos, metais e vidros.
A separação na fonte evita a contaminação dos materiais reaproveitáveis, aumentando o valor agregado destes e diminuindo os custos de reciclagem.
Para iniciar um processo de coleta seletiva é preciso avaliar, quantitativamente e qualitativamente, o perfil dos resíduos sólidos gerados em determinado município ou localidade, a fim de estruturar melhor o processo de coleta.


~Resultados~

 

Ambientais

 

Os maiores beneficiados por esse sistema são o meio ambiente e a saúde da população. A reciclagem de papéis, vidros, plásticos e metais - que representam em torno de 40% do lixo doméstico - reduz a utilização dos aterros sanitários, prolongando sua vida útil. Se o programa de reciclagem contar, também, com uma usina de compostagem, os benefícios são ainda maiores. Além disso, a reciclagem implica uma redução significativa dos níveis de poluição ambiental e do desperdício de recursos naturais, através da economia de energia e matérias-primas.

Econômicos

 

A coleta seletiva e reciclagem do lixo doméstico apresenta, normalmente, um custo mais elevado do que os métodos convencionais. Iniciativas comunitárias ou empresariais, entretanto, podem reduzir a zero os custos da prefeitura e mesmo produzir benefícios para as entidades ou empresas. De qualquer forma, é importante notar que o objetivo da coleta seletiva não é gerar recursos, mas reduzir o volume de lixo, gerando ganhos ambientais.

Políticos

 

Além de contribuir positivamente para a imagem do governo e da cidade, a coleta seletiva exige um exercício de cidadania, no qual os cidadãos assumem um papel ativo em relação à administração da cidade. Além das possibilidades de aproximação entre o poder público e a população, a coleta seletiva pode estimular a organização da sociedade civil.

Como o Lixo Doméstico Vira Benefício

 

Reciclar significa repetir um ciclo. E para compreendermos a importância da reciclagem, temos de transformar o conceito de lixo.
O lixo, quando descartado de forma correta, se transforma em matéria-prima. A reciclagem surgiu como uma maneira de inserir no sistema uma parte da matéria que se tornaria lixo e, consequentemente, contribuiria para a poluição do planeta. Quando coletados, são separados e processados para serem utilizados como matéria-prima na manufatura de outros materiais, os quais eram feitos anteriormente com matéria prima virgem.
Reciclar contribui para a redução da poluição do solo, da água e do ar, melhora qualidade de vida da população e contribui para manter a cidade limpa, aumenta a vida útil dos aterros sanitários, gera empregos, entre outras vantagens.
Praticamente, todos os materiais podem ser reciclados. Só para se ter uma ideia aqui estão alguns exemplos de lixos domésticos que, com a reciclagem, se transformam em novos materiais.
O aço, por exemplo, é 100% reciclável, se descartado no meio ambiente, se reintegra à natureza em cinco anos. De acordo com a Associação Brasileira do Alumínio (ABAL), as latas recicladas são transformadas em novas latas, com grande economia de matéria-prima e energia elétrica.
A cada quilo de alumínio reciclado, cinco quilos de bauxita (minério de onde se produz o alumínio) são poupados. Para se reciclar uma tonelada de alumínio, gasta-se 5% da energia que seria necessária para se produzir a mesma quantidade de alumínio primário, ou seja, neste caso a reciclagem proporciona uma economia de 95% de energia elétrica.
Com garrafas pet podem ser produzidos diversos materiais como estofamentos, carpetes, enchimento para sofás, cadeiras, travesseiros, cobertores, tapetes, cortinas, lonas para toldos e barracas, roupas esportivas, entre tantos outros materiais.
Já os plásticos são materiais, que como o vidro, ocupam um considerável espaço no meio ambiente e podem poluir de forma considerável. Geram uma infinidade de materiais como novos materiais de vidro, cabos de panela, sacolas, baldes, cabides, entre outros.

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre

~Om Shanti~
Paz na terra 
Aqui e Agora 

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Delícias com jaca~

Jaca (Artocarpus integrifolia), espécie da família das moráceas, a mesma da fruta-pão e da amora. Se o clima é quente e úmido, a árvore alcança até 20 metros de altura e os frutos podem chegar a 50 quilos e abrigar 500 sementes.  Agora, seja qual for o tamanho do fruto, o cheiro é sempre exagerado. Para quem gosta, é muito perfumado, com algo de banana madura e maracujá, talvez. Já para quem não gosta é fedido, enjoativo demais. Há quem já foi capaz de comer uma inteira sozinha sem passar mal.


Em países como Tailândia, Indonésia e Sri Lanka, o fruto verde é usado fresco ou em conserva. O sabor é frutado, sem ser doce, nem amargo, nem ardido, nem travoso. Uma delícia. O ruim é que a gente não encontra jaca verde no supermercado ou na feira, mas sempre resta a esperança de uma jaqueira perdida por aí.


Antes de qualquer coisa, é melhor já cozinhar e depois descascar.

Só se tira a casca. Todo o resto é aproveitado: fibras, talos e embriões dos caroços.


Escolha jaquinhas do tamanho de um chuchu ou, no máximo, de um abacaxi. Pois assim pode-se cozinhá-la inteira.
 

tenhasaborcomsaude.blogspot.com.br/2011/05/pe-na-jaca-ou-melhor-bife-de-jaca.html 
 
Para evitar o grude, unte as mãos e a faca.

Com o cerne da jaca madura  dá para fazer uns bifinhos deliciosos! 

Pique em fatias, tempere com limão, alho, sal e pimenta do reino e grelhe.


~*~